14 de June de 2021 Marketing e Vendas

Saiba a importância do UX: a experiência do usuário no seu site

O UX não se limita à internet: é um conceito abrangente e muito importante para qualquer empresa na relação com o cliente 

Você já ouviu falar em UX, UI, e tantas outras siglas do marketing digital, não é mesmo? Nesse conteúdo, confira tudo sobre UX e entenda qual a importância desse conceito e como montar uma estratégia para os clientes.

O que é UX?

A sigla UX abrevia o termo user experience. Ou seja, em uma tradução para o português, estamos falando da experiência do usuário.

O termo já nos mostra que UX não está restrito aos sites, apps e marketing digital, mas ele atua em qualquer meio que intermedia a relação entre duas partes: um produto e um consumidor, um serviço e um usuário, uma empresa e seu cliente.

Quando ouvimos tanto sobre “a experiência importa”, o que estamos abordando é UX, a experiência do usuário.

UX: estratégias para melhorar a usabilidade 

A experiência do usuário também pode ser traduzida como usabilidade. Agora, falando mais especificamente do termo UX no marketing digital, uma boa usabilidade é decisiva para a compra ou convencimento.

O UX é uma área em constante movimento e atualização. Pense na sua rede social favorita: quantas vezes a interface do app mudou ou aquela função que ficava em um lugar passou para outro. Comum, não é mesmo?

Isso acontece porque é a experiência do usuário que dita, no mundo digital, como os sites e aplicativos são desenvolvidos.

Ou seja, é uma retroalimentação: o usuário mostra para o developer como o site deve ser para ter a melhor experiência; e o site ajuda o usuário a utilizá-lo da melhor forma possível.

Como montar uma estratégia de UX?

1. Pesquisar

Se queremos que o site, app ou plataforma ofereça a melhor experiência para o usuário, o primeiro passo é fazer uma pesquisa. 

Somente é possível elaborar uma boa estratégia de UX ouvindo usuários, buscando referências e se atualizando com o que há de mais novo. É claro que também é necessário entender tudo sobre o cliente, seu produto e sua necessidade.

2. Desenhar

Depois de ter tudo em mente, é hora de desenhar. Isso mesmo: aqui entra o design thinking, um exercício de imaginação da experiência do usuário; e o design de fato, para montar fluxogramas e mapas do seu site. Rabisque à vontade, mas tenha a certeza de que o plano está sendo traçado da forma mais clara possível. 

3. Escrever

Para uma boa experiência de uso, é preciso um perfeito entendimento. Ou seja, o seu conteúdo precisa ser lido e compreendido, além de ser certeiro para o seu cliente final. Assim, faça um storytelling, defina um tom de voz e guie o usuário por meio da escrita.

4. Analisar

Depois de feito, o UX precisa da retroalimentação da qual falamos. Ou seja: defina as métricas que são essenciais para entender o seu público. Como o usuário está usando o site? Qual é o público? Tudo está batendo com o planejado? 

Todas essas perguntas ajudam a melhorar constantemente a experiência do usuário no seu site, app ou plataforma.

Entendeu tudo sobre UX? Então aproveite para conhecer o site da Job Space, que atende clientes exigentes com um time totalmente dedicado a essa área.

 

Escrito por Paulo Siqueira

Branded Content

CATEGORIAS DO BLOG

PESQUISAR

Leia Também

Ver todos os posts